Categorias
Dicas

5 Mitos e verdades para quem quer construir ou reformar (e outras dicas valiosas)

Nós listamos algumas questões que já passaram pela cabeça de muita gente (ou deveriam ter passado) que pretende construir ou reformar um ambiente. Vamos ajudar respondendo dúvidas que guie no planejamento da sua obra, confira!

1 – É necessário comprar pisos e revestimentos com sobra de 10% a 15%

Algumas peças precisam de cortes para se moldarem corretamente ao tamanho do ambiente. E para não correr o risco de faltarem na instalação (afinal, é melhor sobrar do que faltar, né?), recomendamos a compra de 10% a mais de material caso a instalação seja reta, e 15% a mais de material caso seja diagonal. 

2 – Contratar um profissional ou acompanhar minha obra sozinho? 

Contratar um profissional é barato? Vamos colocar na balança. 

O desgaste de organizar uma obra sozinho depende do tamanho da obra. Se tempo é dinheiro, podemos economizar contratando um profissional para coordenar a obra e garantir que não só o prazo como o planejamento sejam respeitados. E claro: independente da área que o profissional exercer na obra, busque recomendações de amigos, parentes, principalmente daqueles que entendem! 

3 – Apenas construções precisam de autorização da prefeitura 

Tanto no município quanto no condomínio existem normas que devem ser respeitadas, caso contrário pode levar multas por comprometer toda a estruturação de uma residência além da segurança daqueles que se encontram no local. Não somente para construir, se você for reformar ou ampliar áreas (como varanda, coberturas…) é necessário a aprovação da prefeitura. Isso só é diferente no caso de mudanças pequenas como pinturas e consertos, por exemplo.  

Há um Código de Obras disponível para cada município, vale a pena conferir as exigências de cada local. 

4 – A construção convencional é melhor que a estrutural 

Na verdade, a alvenaria estrutural traz inúmeros benefícios – principalmente a longo prazo – que o convencional não proporciona. Neste artigo explicamos resumidamente as principais diferenças de cada um! 

5 – O gesso é sempre a melhor opção de acabamento 

Apesar do gesso apresentar vantagens como rapidez, bom acabamento e economia no tempo e possivelmente no gasto, ele é um material que exige certos cuidados em relação a umidade. Portanto, não é a melhor opção para quem mora no litoral, nem a melhor opção para áreas externas por conta da chuva. 

DICAS

Não deixe de fazer isso: 

  • Analise todas as plantas, principalmente de elétrica, quando tiver o projeto em mãos. Confira, ao se visualizar no ambiente, se há tomadas para todos os eletrodomésticos e eletrônicos. 
  • Pesquise os preços dos materiais e os prazos de entrega, depois de decidir o tipo de construção que é melhor para seu projeto. 
  • Se você mora em condomínio, não esqueça de ver as regras acerca dos horários e locais disponíveis, como o uso e limpeza de elevadores, local de carga e descarga e horário de trabalho. 
  • Fuja do “já que” e do “faça você mesmo”. Para economizar, um “já que eu vou trocar o piso, que tal mudar as janelas e revestimentos das paredes?” é o suficiente para extrapolar com os gastos. Enquanto escolher fazer uma atividade por conta própria, sem ter habilidade e conhecimento técnico da área, também pode gerar gastos imprevistos e atraso no prazo, ao causar a necessidade de retrabalho. 

A Ki-Blocos tem anos de experiência no mercado e se destaca na qualidade por atender os mercados mais exigentes. Conta com produtos para as áreas industriais, comerciais e residenciais. Clique aqui para nos conhecer melhor!