Construção Convencional X Alvenaria Estrutural

Diferença construção convencional e estrutural

Pela construção convencional ser o método mais comum de construções residenciais no Brasil, muita gente acha que não restam dúvidas sobre o assunto e opta por escolher esse tipo de construção sem conhecer o outro, a alvenaria estrutural. 

Por isso nós viemos esclarecer as principais características entre os dois e de forma resumida, para você fazer a escolha certa. Afinal, em um projeto que custa muito tempo e dinheiro, economizar é super válido!

Construção convencional   

A construção convencional possui em sua elaboração a utilização de pilares e vigas (concreto armado) para a sustentação e, após isso, há o fechamento para a separação de ambientes e vedação de espaços abertos.  

 Resultando em: 

  • Fácil modificação de estrutura para aumentar um cômodo ou modificar uma parede devido as bases sempre darem segurança para a construção; 
  • Tendo como contraponto o impacto ambiental causado pelo descarte após a construção – porque precisam ser rasgadas para fazer as tubulações – e o desperdício de madeira utilizada para fazer as formas das estruturas dos pilares e vigas que são descartadas após a cura do concreto;
  • Apesar do maior custo e tempo de execução em comparação a alvenaria estrutural, há maior liberdade criativa para fugir do padrão. Não há restrição quanto às medidas do projeto. 

Alvenaria Estrutural 

Aqui, as paredes é que sustentam a construção, isto é, não há pilares e vigas sendo utilizadas e nem há a necessidade de cortes para tubulações, pois elas podem passar através dos blocos ao mesmo tempo em que as paredes são formadas. Se necessário, são utilizadas mochetas para passar as tubulações de modo a tornar o acesso mais fácil em casos de manutenção. 

Resultando em: 

  • Medidas e quantidades necessárias dos blocos já postas no projeto, gerando economia na obra a partir dessa assertividade e menos tempo de construção; 
  • Impacto ambiental reduzido drasticamente em comparação com a construção convencional, pois dificilmente é utilizado madeira ou feito alguma quebra; 
  • Melhor qualidade. Aqui no Brasil, por exemplo, há prédios com mais de 30 anos e outros que passam de 100! 
  • Apesar de tudo o que ele proporciona, é necessário mão-de-obra especializada e há uma limitação em relação ao que pode ser feito: é preciso portas janelas dentro do padrão e não pode ser utilizada em qualquer tipo de projeto. 

A Ki-Blocos tem anos de experiência no mercado e se destaca na qualidade por atender os mercados mais exigentes. Conta com produtos para as áreas industriais, comerciais e residenciais. 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Últimos Artigos